w

Acompanhem tecendoasabedoria, e fique antenado sobre diversos assuntos sobre teologia, Filosofia, Ciência, Biologia,Astronomia,Geografia, Mitologia, Literatura, Astrologia, Arqueologia, Geologia, Física, História, Religião, Culturas, Povos, Folclore,Psicanálise, Ateismo, Agnosticismo, Tribos, Rituais e diversos outros assuntos de importância a humanidade

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Karl Marx


Karl Marx é o filósofo com uma missão. Quando pensamos em Karl Marx, pensamos em revolução, poder e sofrimento humano. A imagem de um elitista acadê­mico, zumbindo sobre coisas absolutamente irrelevantes, não vem à mente quando pensamos em Marx. Pensamos em um homem cuja filosofia tinha sido posta em ação, e cuja relevância permanece até hoje.

Marx é o terceiro a vir a este mundo de uma família de nove filhos em Trier, Alemanha. Seus pais eram de descendência judaica, mas eles se haviam convertido ao Protestantismo para proteger o emprego do seu pai como advogado do governo. Marx, o filósofo atípico, não era um estudante modelo. Gastava a maior parte de seu tempo bebendo, enquanto estava na Universidade de Bonn. Ele acabou com esse costume e começou a concentrar-se nos estudos, finalmente chegando ao doutorado em Filoso­fia na Universidade de Jena.
Sua política esquerdista dificultou-lhe a obtenção de um emprego como profes­sor. Mudou-se para Cologne, onde se tornou editor de jornal de muito sucesso; depois foi para Paris, onde se uniu a outros socialistas da época. Lá encontrou seu amigo de longa data, colaborador e patrocinador, Frederick Engels. Marx finalmente se mudou para Londres, onde se esforçou para ganhar a vida devido à sua pobre condição finan­ceira. Posteriormente, quando já estava mais estabilizado, sofreu, entretanto, com bo­lhas por todo corpo, tratando-as em vão com arsênico e ópio. Ele morreu de bronquite em 1883.

Nenhum comentário:

Postar um comentário