w

Acompanhem tecendoasabedoria, e fique antenado sobre diversos assuntos sobre teologia, Filosofia, Ciência, Biologia,Astronomia,Geografia, Mitologia, Literatura, Astrologia, Arqueologia, Geologia, Física, História, Religião, Culturas, Povos, Folclore,Psicanálise, Ateismo, Agnosticismo, Tribos, Rituais e diversos outros assuntos de importância a humanidade

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Feira Literária FLIP 8 em Paraty






Além de ser realizado numa cidade linda, romântica e cheia de atrações para todos os bolsos e gostos (aventureiros ou não!). Quem estave presente pode curtir um evento internacional de literatura magnifico, com a presença de vários escritores em palestras e salas de leituras. Alguns eventos eram pagos outros não, já que a editora está lá divulgando seu material, mas valeu a pena conferir. As pousadas e campings ficaram cheios.
A Diversidade do público era visível, entre estilos e penteados, etnias das mais variadas, completaram a festa cultural. Os restaurantes e bares também ficaram cheios à noite mas o clima permitiu sentar-se nas calçadas e curtir o murmurinho, provar as cachacinhas e doces das diversas portas abertas até tarde! Também aconteceu a Flipinha com seus para filhos ou sobrinhos afinal, bons leitores são formados desde pequenos. As praias não são boas, mas vale tirar um dia da feira para fazer o passeio de escuna (cerca de 15 reais por adulto) que dura 4 horas e vai nas mais belas praias do litoral


Gullar arrebatou a platéia. Foi um verdadeiro showman, com gestos largos, olhar faiscante e puro magnetismo. “A arte existe porque a vida só não basta”. “A poesia é a descoberta e a invenção da vida”. Frases como essas foram aplaudidas com entusiasmo enorme pela platéia. Gullar falou de sua carreira, auxiliado pelo mediador Samuel Titan Jr.E foi tirando do bolso uma anedota melhor do que a outra, sempre com alguma lição existencial embutida. Falou de suas experiências com o neoconcretismo, do início parnasiano, da forte militância política, e de pintura. Leu trecho de seu Poema Sujo, quando foi ovacionado, e também trechos do novo Em Alguma Parte Alguma. E falou, com seu jeito jovial, divertido, sobre a origem de tudo: “Como pode haver a explosão do Big Bang, se antes não havia nada? Nada não explode, ora.” Gullar também participou, duas horas antes, da bela leitura conjunta do livro Alguma Poesia de Drummond, que juntou ainda os poetas Eucanaã Ferraz, Chacal e Antonio Cícero



Nota Tecendo a Sabedoria : O que mais me chamou a atenção foi realmente o mestre Gullar, com sua magnetude e articulação de palavras, mesmo descordando do trecho que cita sobre o Big Bang, pois cre que se antes havia nada o nada não explode, tendo lá minha opinião própria, me simpatizei muito com o modelo de palestra, metódico e simples.

Por : Elton Herrerias Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário