w

Acompanhem tecendoasabedoria, e fique antenado sobre diversos assuntos sobre teologia, Filosofia, Ciência, Biologia,Astronomia,Geografia, Mitologia, Literatura, Astrologia, Arqueologia, Geologia, Física, História, Religião, Culturas, Povos, Folclore,Psicanálise, Ateismo, Agnosticismo, Tribos, Rituais e diversos outros assuntos de importância a humanidade

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Corrente intelectual Norte Americana


Antonio Olívio Rodrigues, teve a rápida visão da conveniência em promover o intercâmbio de idéias com outras pessoas cultas, identificadas com a poderosa corrente intelectual norte-americana. Assim, em 1907, uniu-se a um pequeno grupo de pessoas fundando a primeira sociedade esotérica do Brasil, denominada “Loja Martinista Amor e Verdade”, seguida da publicação da primeira revista do gênero em nosso país, “O pensamento”, com finalidade de divulgar o magnetismo, a astrologia, a clarividência, a psicometria, a terapêutica e o psiquismo em geral.
No 3° número dessa mesma revista, em fevereiro de 1908, Antonio Olívio Rodrigues, lançou a idéia, bem ousada para época, da instituição da “Comunhão do Pensamento”, e concomitantemente passou a propagá-la de modo ativo, convicto de vê-la triunfante.
Em sua incansável busca, teve oportunidade de conhecer as idéias de Helena Petrovna Blavatsky, Swami Vivekananda, Eliphas Levi, Prentice Mulford e muitos outros buscadores da sabedoria divina, visando a formação de uma entidade por meio da qual pudesse trazer a todos nós os ensinamentos desses mestres e de outros, como Sri Ramakrishna, que diz não há pecador irremissível, uma vez que viemos de Deus e a Ele voltaremos. Em 1907, aos 28 anos de idade e acompanhado de alguns amigos, fundou a sociedade esotérica Loja Amor e Verdade e ao mesmo tempo iniciou a publicação da revista O Pensamento, com o interesse de divulgar suas idéias.
Embora a entidade criada não ultrapassasse um ano de existência, a revista vem se mantendo viva até os nossos dias e, em seu terceiro número, em 1908, Antonio Olívio Rodrigues lançou a idéia de se organizar uma instituição que mostrasse o poder da comunhão de pensamentos. Foi assim que, batalhando com muito esforço, conseguiu despertar, em inúmeros leitores da revista, o interesse em tornar seu sonho realidade, fundando, no dia 27 de junho de 1909, o Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento.
E de fato, o ideal de uma comunhão do pensamento, isto é, da formação de uma ininterrupta cadeia mental coletiva, visando à geração de ondas irradiadoras de pensamentos de paz e harmonia entre os homens, foi facilmente acolhido com grande entusiasmo pelos leitores da revista. Adesões começaram a afluir num crescendo animador, ao passo que, paralelamente, iniciativas práticas nesse sentido foram sendo tomadas e intensificadas por Antonio Olívio Rodrigues,, até a eclosão do empolgante ideal no dia 27 de junho de 1909, quando se concretizou na instalação solene da Primeira Ordem Esotérica do Brasil, sob denominação de Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento.
Propondo-se a estudar as forças ocultas da natureza e do homem e a promover o despertar das energias criadoras latentes no pensamento humano, a agremiação adotou como lema e divisa os sublimes ideais de Harmonia, Amor, Verdade e Justiça. Estes potentes ideais constituem as quatro colunas mestras que sustentam o templo de nossa venerável Ordem e objetivam constituir a tônica de sua vida e de suas atividades.

Filosofia:
A filosofia do Círculo Esotérico pode ser compreendida através do Livro de Instruções, onde se encontra essa pequena apresentação:
"Sendo o homem alguma coisa mais do que um simples animal que traja roupas, ele não é um joguete da casualidade, mas uma potência; é o criador e o destruidor da casualidade. Por meio de sua energia interior o homem vencerá a indolência e entrará no reino da sabedoria. Então ele sentirá amor por tudo quanto vive e se constituirá num poder inexaurível para o bem de seu próximo. Oferecemos "energia" que liberta a mente da ignorância, do preconceito e do erro. Queremos incutir valor para que se busque a verdade por todos os modos; amor pelo socorro mútuo; paz que sempre chega à mente iluminada e ao coração aberto, e a consciência de uma vida imortal".
De acordo com seus estatutos, o Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento visa transmitir aos seus filiados a mensagem da alma em busca de evolução, procurando mostrar que o ser humano conta não apenas com um corpo material, mas também que é dotado de origem divina, embora essa parte continue, na grande maioria, em estado latente. Ou seja:
• Promover o estudo das forças desconhecidas do homem e da natureza, estimulando o amor a esta, zelando pela sua defesa;
Eis algumas de suas finalidades:
• Promover o despertar das energias criadoras, latentes no pensamento de cada filiado, no sentido de assegurar o bem estar físico, moral e social, mantendo a saúde do corpo e do espírito;
• Promover o despertar das energias criadoras, latentes no pensamento de cada filiado, no sentido de assegurar o bem estar físico, moral e social, mantendo a saúde do corpo e do espírito;
• Concorrer, na medida de suas forças para que a Harmonia, o Amor, a Verdade e a Justiça se efetivem cada vez mais entre os homens;
• Empregar todos os meios ao seu alcance em prol do bem comum, empenhando-se no combate aos vícios que flagelam a humanidade, quais sejam o alcoolismo, os tóxicos inebriantes, as incontinências física e moral;
• COMUNHÃO DO PENSAMENTO tendo em vista o fato incontestável de que a união faz a força.

Tattwas:
Tattwas, são forças sutis da natureza, que se prendem na raiz de todas as manifestações e ao mesmo tempo, sobre os planos físico, mental e psíquico. São as cinco modificações do Swara, reflexo de Parabrah, atributo absoluto de Deus, traduzindo a Sua Sublimidade, Grandeza e Onipotência, abrangendo os atributos da Onipresença e Onisciência.
Os Tattwas (Centros de Irradiação Mental), criados em todos os Estados do Brasil, são elos que constituem a grandiosa Cadeia mágica, poderosas baterias vivas, para os irmãos do Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento que, no dizer dos Mestres Iniciados, projetam no astral de um extremo ao outro do mundo a vontade coletiva, magnética, dinamizada, cuja força assim projetada, traz um grande benefício aos irmãos da Ordem, protegendo-os contra as adversidades da vida e dando-lhes coragem para enfrentar os reveses do destino, assim como, auxiliando-os na ascensão espiritual a que todos estamos fatalmente sujeitos.

Fontes:http://www.circuloesoterico.com.br/
http://www.masonic.com.br/circulo/

Nenhum comentário:

Postar um comentário